TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE BIOESTIMULADORES DE COLÁGENO

Compartilhe esse artigo com

Bioestimuladores de colágeno - Terezinha Leonel

Se você está buscando informações completas sobre Bioestimuladores de colágeno, veio ao lugar certo!

Muitas pessoas, quando ouvem falar de Bioestimuladores de colágeno, podem ficar confusas com o termo. Mas não se preocupe, pois estou aqui para esclarecer tudo o que você precisa saber sobre esse tratamento revolucionário para a saúde da pele.
Neste artigo, iremos explorar em detalhes o que são esses tratamentos, como eles funcionam, suas principais aplicações e muito mais.

Vamos aprofundar no assunto para que você esteja bem informada sobre essa inovação no campo da Harmonização Facial e tratamentos estéticos.

O que são Bioestimuladores de colágeno?

Os Bioestimuladores de colágeno são tratamentos estéticos que se tornaram muito populares nos últimos anos, especialmente no campo da Harmonização Facial.
Bioestimuladores de colágeno são medicamentos injetáveis que têm como objetivo estimular e aumentar a formação de colágeno no corpo.
O colágeno é uma substância chave para a saúde da pele, a manutenção do volume dos tecidos e o combate aos efeitos do envelhecimento.
Existem diversas terapias que buscam estimular a produção de colágeno, como peelings, microagulhamento, fios de sustentação, ultrassom microfocado e radiofrequência, entre outras, mas os Bioestimuladores se destacam por sua eficácia e resultados duradouros.

O bioestimulador de colágeno é indicado para diversas finalidades e pode ser utilizado em diferentes regiões do corpo e do rosto. Esse tratamento é recomendado tanto para pacientes que desejam combater os sinais de envelhecimento facial quanto para aqueles que buscam melhorar a flacidez em outras partes do corpo.

Como funcionam os Bioestimuladores de colágeno?

Os Bioestimuladores de colágeno agem estimulando os fibroblastos, células responsáveis pela produção de colágeno e elastina na pele. Eles são compostos por substâncias que promovem uma inflamação controlada no local da aplicação, ativando os processos de regeneração da pele e o aumento da produção de colágeno.

Principais categorias de Bioestimuladores de colágeno.

Os bioestimuladores de colágeno podem ser categorizados com base no tipo de produto que faz o estímulo do colágeno.

As principais categorias são:

1. Hidroxiapatita de Cálcio
Sua composição inclui microesferas de hidroxiapatita de cálcio, que proporcionam efeito preenchedor e uma correção imediata. Além disso, sua versatilidade permite um efeito lifting, contorno e melhora na qualidade da pele, graças à bioestimulação de colágeno induzida pela hidroxiapatita de cálcio. A aplicação é praticamente indolor e leva cerca de 35 minutos, seguida por massagens para melhor distribuição do produto na pele.Sua duração no tecido é de aproximadamente 8 a 10 meses.

2. Ácido Poli-L-Lático (PLLA)
O ácido poli-L-lático é composto de fragmentos de polímero com tamanhos variados. O procedimento é minimamente invasivo, onde o ácido é inserido em determinada região do corpo com uma agulha fina, geralmente com anestésico. Atua de dentro para fora, suavizando os sinais de envelhecimento e proporcionando mais rigidez à pele de forma natural. Ele é eficaz no combate à flacidez e linhas de expressão já nas primeiras sessões.Deve ser preparado previamente à aplicação e tem uma duração de 12 a 18 meses no tecido.

3. Policaprolactona (PCL)
É um bioestimulador de colágeno que utiliza a policaprolactona (PCL) em forma de microesferas. Essas microesferas estimulam a produção de colágeno e ajudam a melhorar a firmeza e elasticidade da pele. O tratamento é indicado para o rejuvenescimento facial e corporal, com resultados que podem durar de 1 a 4 anos.

Marcas de Bioestimuladores de colágeno no Brasil em 2023.

No Brasil em 2023, podemos encontrar várias marcas de bioestimuladores de colágeno disponíveis no mercado. Elas podem ser divididas em duas categorias distintas: os produtos “de prateleira” e os oferecidos por farmácias de manipulação.

Produtos “de prateleira”

Os produtos “de prateleira” são aqueles que possuem uma marca estabelecida, padronização e estão no mercado há muitos anos. Além disso, esses produtos têm diversos trabalhos científicos publicados que validam sua eficácia..

Indicações para o tratamento

Os bioestimuladores de colágeno são indicados para diversas situações, incluindo:

– Prevenção do envelhecimento: Os bioestimuladores também podem ser usados de forma preventiva, sendo aplicados antes do início do envelhecimento facial, para estimular a produção de colágeno e prevenir a flacidez que ocorre com o passar dos anos.

– Flacidez relacionada ao envelhecimento: O procedimento pode ser indicado para pessoas com queixas relacionadas à flacidez devido ao processo de envelhecimento.

– Flacidez no corpo: Os bioestimuladores também podem ser utilizados para combater a flacidez em áreas como o abdômen. O procedimento ajuda a aderir a pele à musculatura, proporcionando maior firmeza e sustentação.

– Atletas e corredores:

Indivíduos com baixa porcentagem de gordura corporal, como atletas e corredores, também podem se beneficiar do tratamento.

Outros benefícios:

Além de melhorar a flacidez, os bioestimuladores de colágeno também podem:

– Melhorar o contorno do rosto: O procedimento ajuda a redefinir o contorno facial, proporcionando uma aparência mais jovem.

– Atenuar cicatrizes de acne: Os bioestimuladores podem ser usados para reduzir a aparência de cicatrizes de acne.

– Reduzir queixas corporais: Pacientes que buscam melhorar outras marcas do envelhecimento, além da flacidez, também podem se beneficiar do tratamento.

Aplicações e riscos

Os bioestimuladores de colágeno podem ser aplicados tanto como um tratamento preventivo para pessoas mais jovens quanto para tratar queixas já existentes em pacientes mais velhos. No entanto, é importante que o procedimento seja realizado por profissionais capacitados.

Algumas áreas, como regiões ao redor dos olhos ou da boca, têm maior chance de formação de nódulos, tornando-se áreas mais sensíveis para a aplicação dos bioestimuladores.

 

Conclusão

Os bioestimuladores de colágeno representam uma inovação significativa na área de procedimentos estéticos, proporcionando uma opção eficaz para melhorar a flacidez e promover a produção natural de colágeno na pele.

No entanto, é fundamental que o tratamento seja realizado por profissionais qualificados para garantir resultados seguros e satisfatórios, pois o profissional fará uma avaliação completa do paciente para determinar a indicação adequada e garantir a segurança do procedimento.

Sem dúvida, esses procedimentos continuarão a desempenhar um papel importante no campo da estética, ajudando as pessoas a manter uma aparência jovem e saudável.

 

Dra. Teresinha Leonel
@drateresinhaleonel

Biomédica Esteta, atendimento em Icaraí – Niterói – RJ

Outras matérias

Emprender

Colunas

  • Ainda não há comentários.
  • Adicione um comentário