"OSTEOPOROSE É MAIS COMUM NA PÓS-MENOPAUSA"

sitemgr photo 2197 300x225 1

A osteoporose é caracterizada pela perda progressiva da densidade óssea, além disso, é uma doença que deixa a paciente mais vulnerável a ocorrência de fraturas.

Os ossos do nosso corpo estão em constante processo de renovação. Eles são constituídos por células chamadas osteoblastos, que têm a função de renovar o osso, e por osteoclastos, com a função de absorver as áreas envelhecidas, substituindo por novas.

Na paciente com osteoporose, a absorção das células velhas aumenta e a formação de células novas pode diminuir de forma expressiva. Com isso, os ossos ficam mais porosos e menos resistentes, podendo levar a fraturas muitas vezes espontâneas ou causadas por pequenos impactos.

Estima-se que a proporção da doença seja de 6 mulheres para um homem a partir dos 50 anos, e de 2 mulheres para um homem acima de 60 anos.

Isso acontece porque o estrogênio é o hormônio que ajuda a equilibrar a saúde dos ossos das mulheres. Após a menopausa, os níveis desse hormônio caem, deixando as estruturas mais finas e frágeis, o que pode levar a osteoporose em mulheres.

Uma boa alimentação com ingestão de cálcio, vitamina D, colágeno, exercícios regulares, fortalecer os músculos, parar de fumar, é o que podemos fazer na pré e pós-menopausa.

ANA PAULA L. LOURENÇO
Contato: 21 2702-5333
Facebook: anapaula.linhareslourenço
Instagram: anapaulalinhares

MARIA BETHÂNIA GIL
Contato: 21 99159-9867
Facebook: bethagil
Instagram: bethagil

 

Compartilhar

WhatsApp
Facebook
  • Ainda não há comentários.
  • Adicione um comentário