"COMUNICAÇÃO AFETIVA A DOIS"

Matriz Colunistas 30

A comunicação é uma habilidade social importantíssima em todos os relacionamentos, mas aqui vamos refletir sobre seu valor no casamento. Se for unilateral, surgem ruídos e distorções e, consequentemente, os conflitos. Diante disso, a tarefa mais importante para a harmonia do relacionamento é aprender e reaprender a se comunicar.

A ausência de comunicação não existe, ou seja, a própria ausência de comunicação é comunicação, uma vez que o silêncio de um, transmite mensagens para o outro, que irá decodificá-las influenciado por suas emoções do momento, suas crenças, suas experiências vividas.Outro ponto chave é a crítica. Quando elas são excessivas, soam como desaprovação e desqualificação, o que acaba minando o relacionamento.

É muito comumachar que não precisamos falar de nossas insatisfações, pois o outro já sabe ou deveria saber.Não funciona assim. O que é óbvio para um, passa totalmente despercebido pelooutro. Então, fale de forma assertiva, defendendo seus direitos, expressando seus sentimentos de forma direta e honesta, sem nenhuma intenção de atingir negativamente o outro. Fale o que sente e não o que o outro teria feito de errado. O que importa, e que deve ser dito, é como você foi afetado.Assim a intimidade é vivida mais satisfatoriamente, com sinceridade, maturidade e reciprocidade.

No livro As cinco linguagens do amor, Gary Chapman em sua definição, facilitou a compreensão para os casais sobre as linguagens de amor na prática, as quais, resumidamente, apresento:

1ª –Palavras de afirmação

Os elogios sinceros e palavras que geram emoções positivas são poderosos comunicadores de amor, expressados de forma simples e direta como: “Você escreve tão bem!”; “Você fica tão charmoso(a) com esses óculos!”.

2ª- Qualidade de tempo

Dedicar atenção e tempo, faz com que o outro se sinta especial. E a importância emocional que concedemos e recebemos, é o que justifica e mantém a cumplicidade darelação. O descaso e a negligência são fatais no amor!

3ª- Dar e receber presentes

Ter vontade de agradar, pensar e escolher um presente, independentemente do valor material, é uma significativa forma de expressar carinho, principalmente fora de datas especiais e comprados de forma espontânea.

4ª- Formas de servir

É procurar fazer pequenas coisas que o outro aprecia, expressando amor em diversas formas de servir, demodo amoroso e intencional.

5ª- Toque físico

Ah, essa linguagem então…é poderosíssima para transmitir e fortalecer o amor conjugal! Os toques, os beijos fora das relações sexuais, andar de mãos dadas…Além do toque físico ser também umgrande facilitador de aproximação nos momentos de conflito.

Compartilhar a vida é uma arte e um dos maiores e instigadores desafios.É uma decisão diária que requer intenção, atenção e ação. Exige todo dia uma maneira diferente de agir, pois o relacionamento se transforma, assim como nós mudamos com o tempo. Só assim é possível viver uma relação longeva e satisfatória.

Claudia Pimentel

http://www.sermaispsi.com.br

-Psicóloga Clínica e Coach
-Especialista em Saúde Emocional da Mulher e da Família
-Professora e Supervisora
-Palestrante

Compartilhar

WhatsApp
Facebook
  • Ainda não há comentários.
  • Adicione um comentário