"PERMITA-SE COMER EM PAZ NO FINAL DE ANO E VERÃO"

Matriz Colunistas 10 300x300 1

Dezembro costuma ser marcado por grandes eventos: as festas de final de ano, as confraternizações, a chegada do esperado (ou temido?!) verão.

Mesmo em tempos de pandemia (ainda!), as reuniões têm migrado para o presencial e é claro, sempre temos os comes e bebes para acompanhar.

Nas últimas semanas venho recebendo essa queixa de clientes e alunas – e talvez você também se identifique:

“Não quero perder a linha nas festas, mas é tanta comida gostosa que acabo comendo demais.”

“Fico ansiosa e acabo descontando tudo na comida”

“Quero provar um pouco de tudo e acabo exagerando.”

“Me sinto inchada e às vezes até culpada e com vergonha depois”

Se identificou com alguma dessas frases? Ou sente algo parecido?

Para você, o que é mais difícil de ‘ controlar’? Os doces, os salgados, o álcool ou … tudo junto?

Respire fundo que agora te explicarei como você pode superar essa sensação, se permitir comer em paz, ter prazer e alegria nas refeições com os amigos e família.

De início, tem algo que precisamos combinar: comida é alegria. É prazer. É uma festa para os sentidos. É vida social, celebração, família. E o que comida não é?! Vilão, culpa, frustração, restrição. Combinado? Agora então, podemos seguir.

Permita-se comer. Permitir-se não significa sair comendo tudo o que vê pela frente. Permita-se com serenidade e elegância. Respire e observe a sua postura, sem se julgar. Permita-se fazer as suas melhores escolhas. Antes de fazer o seu prato, olhe tudo o que tem. Mentalmente já avalie o que te parece mais delicioso e você não quer deixar de provar! Faça um prato, deguste, converse, mastigue, vá comendo devagar e apreciando. Apoie os talheres enquanto mastiga. Sirva uma pequena porção e depois repita, se quiser. Se você for a pessoa dos doces, lembre-se de fazer o mesmo para as sobremesas. Acima de tudo, mantenha-se hidratada: beba água, entre as taças de espumante e brindes, beba água.

É, o verão chegou. E com ele a sua preocupação com o seu corpo pode ter aumentado. Ofertas de shakes e pílulas detox se multiplicam, enquanto te vendem uma imagem de corpo magro e malhado como sendo o ‘ideal’. Atenção! Não existe pílula mágica (mas isso você já sabia) e não existe nenhum alimento milagroso. É o que você faz o ano inteiro que conta. É o seu estilo de vida, são os seus comportamentos diários que farão a diferença. Não deixe que ninguém dite regras ou padrões sobre o seu corpo. Lembre-se que você não precisa cultuar a indústria da dieta ou a magreza a qualquer custo. Cuide-se para uma saúde com vivacidade, disposição e bom humor. Assim, você garante não apenas a saúde física, como também a saúde mental e emocional.

Vivian Szterling

Nutrição Emocional e Comportamental

Terapia Holística para a Saúde Emocional da Mulher

Meditação e Hipnose clínica

(21) 99809 8161

@vivian_vivavida

[email protected]

Niterói RJ e On-line

Compartilhar

WhatsApp
Facebook
  • Ainda não há comentários.
  • Adicione um comentário